Folha de BarbacenaPalco BCN

Tecnobrega: Almir Chiaratti e Ana Sucha lançam música “Vergonha Alheia”

A faixa foi composta por Chiaratti, Aline Lessa e também pela atriz barbacenense Aline Monteiro

Nesta sexta-feira (12/11), Almir Chiaratti e Ana Sucha lançarão sua nova música de trabalho. Intitulada “Vergonha Alheia”, a faixa pop dançante é inspirada pelo ritmo paraense do tecnobrega e aborda de forma leve os excessos cômicos e as vergonhas passadas em momentos de embriaguez. A composição da música é uma parceria de Chiaratti com a compositora Aline Lessa e a atriz barbacenense Aline Monteiro.

A produção musical é assinada pelo violoncelista e produtor italiano radicado no Brasil, Federico Puppi, indicado ao Grammy Latino em 2015, e conta com as percussões do renomado percussionista baiano Marco Lobo. No arranjo, os violões e guitarras de Almir Chiaratti se encontram com o universo eletrônico-orgânico que o artista apresentou em seu segundo álbum, lançado em abril de 2021, também produzido por Puppi.

Ana Sucha é uma jovem cantora, compositora e multi-instrumentista. Sua originalidade e talento, em pouco tempo de estrada, já a levaram para grandes palcos dentro e fora do Brasil. Depois de tocar no maior festival de música brasileira da Holanda em 20155 – “Viva Brasil Festival” – por onde também passaram Caetano Veloso, Gilberto Gil e Maria Gadú. Ela lançou seu disco de estreia em 2016, intitulado “INÊS”, com produção de Eugenio Dale, que trata de suas vivências enquanto mulher lésbica, dotado de sentimentalidades, ironia e boas doses de diversidade musical.

A cantora já fez três turnês na Europa, sendo uma delas nos Estados Unidos. Ana teve sua música “Uma mulher feliz” como música tema de um dos episódios da série “Liberdade de Gênero” da GNT, integrou a trilha sonora do espetáculo “L, o musical”, protagonizada por Ellen Oléria, com a música “Yo fico mucho loko” – que ganhou os teatros dos Centros Culturais Banco do Brasil de todo o país.

A cantora já abriu shows de grandes artistas como Naiara Azevedo, O Rappa, Andy McKee, 5 à Seco e Mahmundi. Com a turnê do disco “INÊS”, a mesma percorreu diversas cidades brasileiras e também realizou quase 20 shows internacionais. Autodidata, Ana Sucha toca uma grande diversidade de instrumentos sendo, ao vivo, a verdadeira banda de uma pessoa só. Com pedais de loops e efeitos, ela consegue gravar ao vivo percussão, baixo, violão e muitas coisas mais. Atualmente, Sucha, promove o lançamento de seu novo álbum em formato digital.

Almir Chiaratti é compositor, cantor, poeta e realizador audiovisual. Em 2015, lançou seu primeiro álbum chamado “Bastidores do Sorriso”, considerado um dos melhores álbuns daquele ano em revistas especializadas (TMDQA). Ele conquistou prêmios internacionais com o clipe “Teu Caminho”, nos festivais UMFF, Atlanta (USA), Rio Web Fest 2015, entre outros. Em 2017, lança a faixa “TRIZ”, que ultrapassa as 100 mil reproduções no Spotify, e realiza sua primeira turnê em Portugal. Em 2021, Chiaratti celebra “Frágil”, produzido por Federico Puppi (Indicado ao Grammy).

Atualmente, Chiaratti se dedica ao 3º álbum, à poesia expandida e prepara seu primeiro livro de poemas. O cantor já se apresentou nos principais palcos do Rio de Janeiro, como Solar de Botafogo, Audio Rebel, Teatro Odisséia e em festivais como Solstício do Som, em Petrópolis.

0

User Rating: Be the first one !

Comentários:

Isabella Paolucci

Jornalista, fã de filmes e séries, k-poper e sagitariana.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios