Folha de BarbacenaMotivaMulher feitaVida da gente

Preparativos para beatificação de Isabel Cristina já estão sendo realizados

O anúncio da data de beatificação foi feito dia 22 de junho

O anúncio da data de beatificação foi feito dia 22 de junho pelo postulador da Causa de Beatificação da Venerável, o Doutor Paolo Vilotta, em carta ao Arcebispo Metropolitano de Mariana, Dom Airton José dos Santos. O seu martírio foi reconhecido pelo Papa Francisco com um decreto, em outubro de 2020.

O Vatican News conversou sobre Serva de Deus Isabel Cristina com Monsenhor Danival Milagres, que atualmente é Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Piedade, Barbacena (MG), onde Isabel costumava frequentar e onde estão seus restos mortais.

Um anúncio aguardado

Sobre o anúncio da data de beatificação – que era muito aguardado na Arquidiocese de Mariana -, e o caminho de como se desenvolveu o processo, Monsenhor Danival explicou que “como o processo para a beatificação foi para provar o seu martírio, a Congregação para a Causa dos Santos não fez exigência de milagre. Apenas no próximo passo, que é o de canonização, a Congregação estabelece que seja comprovado o milagre.

Em se tratando especificamente de sua beatificação, o que precisávamos era do reconhecimento do Santo Padre sobre o martírio da Serva de Deus Isabel Cristina, e esse foi conferido pelo Pontífice. Para a canonização, vamos colher alguns testemunhos que nós já temos sobre possíveis milagres, para serem estudados, e encaminharemos para Roma para o processo de canonização.

A nossa Arquidiocese acolheu com muita alegria a bela notícia da data para a beatificação da Serva de Deus Isabel Cristina. Esperávamos ansiosamente esta data uma vez que, em outubro de 2020, saiu a publicação da aprovação do seu martírio.

A situação mundial da pandemia fez com que a data fosse adiada e não fosse possível realizar a beatificação, que gostaríamos que fosse em 2021. Em 2022, retomamos com as tratativas com o Dicastério para a Causa dos Santos em relação a data da beatificação da Serva de Deus Isabel Cristina, que foi confirmada para o dia 10 de dezembro.

Nós estamos esperançosos com essa beatificação, pois o testemunho da Serva de Deus impacta diretamente a juventude, pois Isabel era jovem e com certeza os jovens ganham um exemplo de vida a ser seguido. Esperança também para as famílias, pois acreditamos que as virtudes que ela viveu vêm de sua educação de fé e dos valores do Evangelho que ela recebeu de seus pais. Isabel foi educada bebendo da espiritualidade dos vicentinos. Ela cresceu vivendo sua fé na Igreja e em comunhão com a Igreja. Isabel participava da paróquia e grupo de jovens. Possuía uma vida de santidade e de virtudes cristãs e mostra-nos que essas características podem ser vivenciadas a partir da convivência familiar e de nossas comunidades paroquiais.”

Após o anúncio vem os preparativos

Com a data da beatificação agendada, iniciam-se os preparativos, trabalhos e encaminhamentos que devem ser planejados e executados para a celebração. Sobre esse momento o pároco diz: “Em nossa Paróquia e Santuário Nossa Senhora da Piedade estamos realizando reformas e preparando uma capela ao lado do santuário que será dedicada à futura beata. São trabalhos de ordens estruturais, ou seja, organizando a estrutura do espaço que temos. Para essa capela iremos transladar os restos mortais de Isabel Cristina que atualmente se encontram na paróquia e santuário Nossa Senhora da Piedade. Outra obra que estamos realizando é no prédio ao lado desta capela onde iremos construir um memorial.

Outra ação que estamos realizando é de formular as equipes de serviços para a data da beatificação. Vamos formar equipes de acolhida, hospedagem, alimentação, ornamentação, limpeza, transporte e também a equipe de infraestrutura de onde será a celebração da beatificação, pois tudo indica que será na Basílica de São José Operário, que é uma das igrejas maiores que temos na cidade de Barbacena.

A equipe de liturgia também já está trabalhando, já concluímos o hino da futura beata. Será organizada uma novena da Serva de Deus Isabel Cristina que será publicada, para que as pessoas sejam motivadas e encorajadas a conhecer a vida de Isabel Cristina. A novena está sendo preparada a partir da história e das virtudes, para que ao rezar a novena as pessoas também conheçam a história de vida de Isabel Cristina.

Duas ações importantes que destacamos: a primeira, é que estamos realizando a tradução da biografia, para que no tempo oportuno façamos a publicação para tornar sua vida e história mais conhecidas. A segunda ação é a construção da imagem da futura beata. Esse trabalho de esculpir a imagem está sendo feito por um artista da cidade de São João Del Rei. O artista irá esculpir na madeira a imagem e será em tamanho real.

A PASCOM irá disponibilizar todo material da beatificação para a imprensa, a equipe também está elaborando os novos “santinhos” popularmente conhecidos no Brasil, e estes terão relíquias de segundo grau da futura beata.
Para arcar com todas as despesas beatificação, estruturamos uma equipe de captação financeira. Existem também algumas parcerias que estamos realizando, por exemplo, com o poder público e Secretaria de Saúde para assistência médica durante a beatificação.

É uma grande expectativa entre nós, muitas pessoas envolvidas nesta preparação. A Arquidiocese tem se empenhado em contribuir financeiramente através de coletas nas paróquias, para que tudo aconteça da melhor maneira possível.”

Após a beatificação vem a canonização. Sobre este próximo passo no processo de tornar a Serva de Deus santa; o Monsenhor Danival mantém o foco ajustado para a beatificação e após pensa-se na canonização: “todas as nossas forças estão voltadas para a beatificação, logo que passar este momento é que vamos pensar e organizar o projeto da canonização. No momento estamos focados na beatificação, mas com o objetivo claro desta canonização. Nós temos materiais e relatos de milagres para serem estudados em vista da aprovação para a sua canonização.”

O legado de Isabel Cristina para a sociedade

“O legado da virgem e mártir Isabel Cristina está justamente no seu testemunho de sua vida. Ela é mártir não só pela forma que morreu, mas sobretudo como ela viveu sua fé, sendo uma testemunha da caridade. Isabel não teve vergonha de ser cristã, de ser uma jovem atuante e participante das atividades paroquiais. Em sua biografia, vemos seu empenho em favor dos pobres, doentes e crianças.

Para a sociedade muitas vezes relativista e hedonista, Isabel Cristina deixa o exemplo de quem soube viver uma vida simples. A Serva de Deus deixa um legado especialmente aos jovens, um modelo de coragem, determinação, esperança, seu amor a Deus e a Igreja e por fim seu amor ao próximo. Ela também não teve medo de abrir mão dos momentos de prazer deste mundo para conservar no coração as verdades e a dignidade da fé católica e da pessoa humana. Isabel nutria um profundo respeito pela vida e pelo ser humano.

Ela morreu defendendo sua dignidade e os valores da castidade. No contexto atual, Isabel foi vítima de um feminicídio. O agressor de Isabel tentou ferozmente abusar dela sexualmente, mas Isabel defende os valores da sua fé resistindo e é morta violentamente.

O modo como ela viveu sua vida e sua fé é exemplo para nós. Em Isabel Cristina vemos um autêntico testemunho de fé, na comunhão com a Igreja e nos valores evangélicos.

A Serva de Deus Isabel Cristina Mrad Campos será beatificada no dia 10 de dezembro, em Barbacena (MG), em celebração solene com o rito de beatificação presidida pelo prefeito do Dicastério para as Causas dos Santos, o eminentíssimo Senhor Cardeal Marcello Semeraro.

Com informações da Arquidiocese de Mariana

0

User Rating: Be the first one !

Comentários:

Isabella Paolucci

Jornalista, fã de filmes e séries, k-poper e sagitariana.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios