Folha de BarbacenaVida da gente

Por mais inclusão, IF Sudeste dobra o número de intérpretes de Libras

Ao todo, foram contratados 13 novos intérpretes

Desde janeiro de 2022, o Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais conta com 13 novos intérpretes de Libras, a Língua Brasileira de Sinais. Segundo a coordenadora de Ações Inclusivas, Margarete Moreira Coutinho e Silva, a contratação tem por objetivo fornecimento de mão de obra exclusiva para o apoio aos discentes que tem essa como sua forma de comunicação.

Os profissionais passaram por entrevista e análise de currículos e foram contratados através de pregão por Sistema de Registro de Preços. Além da Reitoria, os campi Barbacena, Muriaé, Juiz de Fora, Rio Pomba, São João del-Rei e o Campus Avançado Ubá também receberam profissionais.

Dentre os trabalhos por eles desempenhados estão:

  • A tradução e a interpretação Libras/Português e vice-versa, de maneira simultânea e consecutiva, junto à pessoa surda, com deficiência auditiva ou surdo-cegueira, nas atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas pela instituição;
  • A consultoria na construção de materiais e recursos acessíveis tanto para os exames de seleção, como para as demais demandas acadêmicas;
  • O acompanhamento da construção do Plano Educacional Individualizado (PEI), dos alunos surdos, com deficiência auditiva ou surdocegos, em parceria com os demais profissionais envolvidos;
  • O apoio aos professores, caso seja necessário e solicitado pelos mesmos, na compreensão da escrita dos alunos surdos, com deficiência auditiva ou surdo-cegueira, entendendo que a língua portuguesa é a segunda língua destes alunos.

Inclusão

De acordo com o reitor André Diniz as ações inclusivas fazem parte dos objetivos institucionais do IF Sudeste MG, humanizando as relações, o conhecimento e a valorização das pessoas em suas singularidades e a integração ampla. “Esta contratação é um passo importante na construção de uma estrutura que facilite que qualquer pessoa seja acolhida pela nossa instituição e possa traçar um caminho emancipatório. Minhas expectativas são, sempre, de valorizar nossa diversidade e cultivar nosso terreno fértil para permitir uma representatividade orgânica e definitiva que atenda a todos, com olhar especial, neste caso, às pessoas com necessidades educacionais específicas”, declarou.

A diretora da Diretoria de Apoio ao Discente (DIRAD), Aurora Maria Baptista da Silva, enfatiza que a contratação representa mais um importante passo da instituição na busca por promover uma educação inclusiva para todos. “A contratação destes profissionais representa uma grande conquista para toda a comunidade acadêmica, visto que proporcionará uma melhoria considerável no atendimento aos discentes, servidores e pessoas em geral com surdez e que sejam usuárias da Língua Brasileira de Sinais – Libras, representando um aumento de mais de 100% no número de tradutores intérpretes de Libras que atuam em toda a instituição”, comemora Aurora.

Segundo uma das novas intérpretes do IF Sudeste MG, a ação garante os direitos fundamentais do indivíduo, além da construção de um mundo com igualdade de oportunidades. “Acho que vai muito além de uma bela iniciativa, como muitos pensam. Trata-se de cumprir os direitos das pessoas com deficiência e necessidades especiais. Então, na minha opinião, o investimento em inclusão é fundamental. Os surdos, assim como quaisquer outros cidadãos, precisam ter voz, precisam ser ouvidos e é para isso que serve o nosso trabalho”, finalizou.

Com informações do IF Sudeste

0

User Rating: Be the first one !

Comentários:

Isabella Paolucci

Jornalista, fã de filmes e séries, k-poper e sagitariana.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios