Folha de BarbacenaMotivaVida da gente

Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio: Psicóloga fala sobre a importância da data

O Portal BCN conversou com a psicóloga especialista em saúde mental, Ana Carolina Líbero

No dia 10 de setembro é comemorado mundialmente o dia da prevenção ao suicídio. A data foi estabelecida com o intuito de fornecer empenho e ações para evitar a prática que registra mais de 13 mil vítimas todos os anos no Brasil, principalmente entre os jovens. O Portal BCN conversou com a psicóloga especialista em saúde mental, Ana Carolina Líbero, sobre a data.

“Temos índices cada vez maiores de tentativas e mesmo de atos realizados de suicídio e ainda ouvimos por aí que depressão é ‘frescura’, ‘falta de Deus’, ‘falta do que fazer’ ou ‘vontade de aparecer’… É triste ainda ler e ouvir e saber que tantos ainda pensam dessa forma”, declarou Ana Carolina.

De acordo com o site oficial da campanha, cerca de 96,8% dos casos de suicídio estavam relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias. “Ainda têm o famoso preconceito de que terapia é para loucos ou que a depressão pode ser curada sozinha. Ainda vemos muito a ideia de que é apenas para chamar atenção”, explicou a profissional.

Segundo ela, houve um crescimento na procura por tratamento nos últimos anos conforme o assunto foi sendo mais debatido, principalmente por adolescentes, que passaram a procurar o apoio dos pais para o acompanhamento psicológico. A campanha Setembro Amarelo teve início em 2015 e desde então a conscientização sobre o tema vem acontecendo de maneira mais intensa, mas ainda sim, não atinge a todos.

“Sempre devemos observar aqueles com quem convivemos. Mudanças muito bruscas de comportamento indicam que algo não está bem. Devemos buscar conversar, apoiar e nunca julgar. Não sabendo como ajudar, indique um profissional de sua confiança, leve a pessoa se assim for necessário. Mostre que ela é importante e que você se preocupa com ela”, pontuou a especialista.

Para aqueles que precisam buscar ajuda, ela aconselha “se existe algo que você não está sabendo lidar e se tornou insuportável, procure alguém em quem confie. Converse, exponha seus sentimentos, peça ajuda. Dividindo a ‘tempestade’ com alguém, já a deixará mais amena”.

A psicóloga Ana Carolina Líbero realiza atendimento na abordagem psicanálise com crianças, adolescentes e adultos. Entre em contato pelo Instagram no @psicologaanacarolinalibero e WhatsApp clicando aqui.

0

User Rating: 4.2 ( 1 votes)

Comentários:

Isabella Paolucci

Jornalista, fã de filmes e séries, k-poper e sagitariana.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios