Mulher feita

Agosto Lilás: Confira as ações que serão realizadas em Barbacena

A Lei Maria da Penha no Brasil foi sancionada no dia 7 de agosto de 2006

No dia 7 de agosto de 2006 foi sancionada a Lei Maria da Penha no Brasil. A ação foi um importante passo na luta contra a violência doméstica. Isso, porque mulheres vítimas de agressão eram amparadas pela lei que regula os crimes de menor potencial ofensivo, ou seja, quase sempre, a pena do agressor era convertida em prestação de serviço à comunidade.  Com a alteração da lei que altera o Código Penal, foi possível que os agressores sejam presos em flagrante ou tenham a prisão preventiva decretada.

Em alusão a essa data, foi criada a campanha do “Agosto Lilás”, que traz como principal pauta o combate a violência doméstica. Apesar do avanço da legislação através da lei Maria da Penha, a violência ainda é um mal em meio a sociedade.

Entre as dificuldades encontradas para o enfrentamento do problema está a carência de denúncias e notificações aos órgãos estatais sobre tal violência, seja por ausência de conhecimento da mulher ou dos seus familiares e amigos sobre os direitos a ela assistidos, ou em muitos casos, a dependência econômica e emocional, vergonha e falta de apoio familiar são alguns dos fatores que favorecem silêncio das vítimas.

Ações do Município

Na luta contra a violência doméstica, a Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) vem desenvolvendo um trabalho importante em Barbacena e constante, para além da campanha do Agosto Lilás.

A Prefeitura criou no ano passado a Casa da Mulher, que é um equipamento voltado para proporcionar as mulheres vítimas de violência um trabalho voltado para ressignificar o ato. Neste ano, a Casa da Mulher, juntamente com a Patrulha de Violência Doméstica da Polícia Militar (PVD), realizou blitz educativas pelas ruas da região central de Barbacena, para conscientizar sobre o tema.

Além disso, também foram criadas parcerias com a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) e o Instituto Avon para dar suporte e proteção a vítima. As mulheres em tal situação podem acionar a secretaria através do WhatsApp da Casa da Mulher através do número: (32) 3339-7585.

Com informações da Prefeitura de Barbacena

0

User Rating: Be the first one !

Comentários:

Isabella Paolucci

Jornalista, fã de filmes e séries, k-poper e sagitariana.

Artigos relacionados

3 Comentários

  1. Hello, i read your blog occasionally and i own a similar
    one and i was just wondering if you get a lot of spam remarks?
    If so how do you prevent it, any plugin or anything you can suggest?
    I get so much lately it’s driving me crazy so any
    help is very much appreciated.

    my web page :: regiotime-hechingen.de

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios